Delineado com glitter azul + estrelinhas coloridas no rosto – Especial de carnaval

No começo da semana fiz uma maquiagem super legal inspirada na Mulher Maravilha e desta vez vim trazer uma maquiagem um pouco mais discreta pra quem não gosta de se fantasiar muito no carnaval!!
Apesar de ser um pouco mais discreta, abusei do glitter nos olhos e ainda fiz umas estrelinhas super fofas no rosto, só pra dar um charme a mais!!

 

Espero muito que tenham gostado e aproveitem muito o carnaval!! ♥

Beijos

 

 

Comentários do Facebook

comments

| 0 Comentários

Resenha: Creme densificador para a área dos olhos – Profuse

Depois de completar 25 aninhos, já é hora de me preocupar mais com a pele, não é mesmo? E a área dos olhos merece uma atenção mais do que especial, pois é onde aparece os primeiros sinais da idade!!

Pra minha sorte, a Profuse me enviou alguns produtinhos de cuidados com a pele e dentre eles recebi o creme Densificador para a área dos olhos e, depois que comecei a usar, vi uma super diferença na pele!!

Não posso deixar de comentar sobre a embalagem!! Achei super bonita e moderna, além do mais, vem com um pump, que facilita super a nossa vida, né? <3

O Creme Densificador promete recuperar a firmeza e densidade cutânea, reduzir as rugas ao redor dos olhos e diminuir bolsas e olheiras.
Sua fórmula contém Ácido hialurônico, Extrato de Acmella oleracea, Tripeptídeo e Ginkgo biloba.
Sempre pego um pouquinho do creme com o dedo anelar, pois ele é o dedo mais “fraco” e por isso é indicado para aplicar produto na área dos olhos, assim não agride a pele. Depois, vou espalhando o produto ao redor dos olhos, tanto na parte de baixo quanto na pálpebra. Espalho bastante e sem parar, até sentir que a pele absorveu todo o produto. Quando estou espalhando o creme, a pele começa a esquentar e é aí que sinto que o produto fez efeito!!
Faço esse processo todos os dias a noite e no outro dia é visível como a pele ao redor dos olhos ficou mais hidratada. Percebo principalmente na hora de fazer a maquiagem, pois o corretivo fica com o aspecto muito mais bonito e natural e principalmente, sem craquelar!!

O creme é super fluído e é absorvido rapidamente pela pele!

Ele promete diminuir bolsas e olheiras e realmente senti que minhas olheiras melhoraram bastante depois que comecei a usar o produto!! Elas estão menos visíveis, parecendo que dormi 12 horas seguidas!! hahahah
Não sei dizer quanto as rugas, pois não tenho nada muito visível ainda, mas sinto minha pele muito mais firme e hidratada!!

A embalagem é pequena e 15g de produto parece pouco, mas não precisamos de muito na área dos olhos, então com certeza vai durar bastante!!

Ele custa em média r$160,00 e vocês encontram em farmácias como Drogasil, Panvel farmácias, Droga Raia, Onofre, etc.

E vocês, já começaram a usar produtos para a área dos olhos? É super importante e faz muita diferença! <3

 

Beijos

Comentários do Facebook

comments

| 0 Comentários

Esmalte da semana: Guitar – Vult

Quem acompanha os posts semanais aqui no blog sabe que eu nunca uso esmaltes diferentões, com muito brilho, metálico, perolado, etc, mas quando recebi a coleção da Vult resolvi dar uma chance para os bonitos!!  E não é que comecei a gostar de esmalte perolado? O primeiro que escolhi pra passar foi o Guitar, um tom de vinho bem escurão, do jeitinho que eu amo. Ele é perolado e ficou lindo nas unhas!!

Esmalte perolado tem uma vantagem: ficam com uma cobertura excelente logo na primeira camada!!
Apesar de ser bem escuro, ele foi bem fácil de limpar os borradinhos e a parte boa é que o perolado deixa um efeito tão lindo nas unhas que nem é necessário aplicar extra brilho por cima!!

Eu fiz as unhas sexta-feira a noite e com o ventilador ligado, então vocês imaginam como o esmalte ficou no outro dia, né? Cheio de bolinhas e bem amassado!! hahahah Mas já quero passar de novo porque mesmo com bolinhas ele tá lindo, imagina sem! <3

Não vejo a hora de passar outra cor dessa coleção, mas vou alternar pra vocês não enjoarem!! rsrs

 

Agora me contem, que cor estão usando essa semana?

 

Beijos

Comentários do Facebook

comments

| 0 Comentários

Maquiagem de Mulher Maravilha para o carnaval

Confesso pra vocês que não sou muito fã de carnaval!! É muita gente, muita bagunça, enfim, não é pra mim que já sou uma pessoa mentalmente idosa! hahahahah

Mas é claro que quando chega essa época do ano até quem não gosta da comemoração acaba entrando no clima, afinal, temos um longo feriado pela frente não é mesmo? Então eu não poderia deixar de trazer uma inspiração de maquiagem pra vocês!!
Não sou profissional em maquiagem artística, fantasias ou coisas do gênero, mas me esforcei muito pra fazer a Mulher Maravilha e gostei bastante do resultado!! Quem ainda não sabe o que vestir ou qual maquiagem fazer no carnaval, essa pode ser uma ótima opção, até porque, está super fácil de fazer!! <3
Espero muito que gostem!!

E aí, qual vai ser sua fantasia de carnaval?

 

Beijos

 

 

Comentários do Facebook

comments

| 0 Comentários

Oscar 2017: Melhor Ator

Eu sempre achei a categoria de Melhor Ator mais difícil de ser julgada do que a categoria de Melhor Atriz. Pode ser uma questão de gosto pessoal. As interpretações femininas emanam uma energia que não vejo com a mesma frequência nas interpretações masculinas, que acabam muitas vezes se destacando pela técnica. Os meus papéis masculinos preferidos são aqueles que interpretam personagens complexos, que exigem muito do ator, tornando mais palpável sua performance.

Casey Affleck é o grande favorito deste ano pela sua performance em Manchester by the Sea. Ele interpreta Lee Chandler, um homem que vive sozinho e isolado da sua família na tentativa de fugir do seu passado. Porém, não sabemos disso no começo, então, a princípio, o temperamento de seu personagem, Lee Chandler, parece um tanto quanto gratuita, porém à medida que o filme se desenvolve, conseguimos entender a complexidade dos acontecimentos que o tornaram quem ele é. Casey Affleck entrega uma atuação excelente, e são nesses papéis mais complexos que a atuação masculina, na minha opinião, tem mais força.

Denzel Washington interpreta um pai de família, Troy Maxson, em um papel bastante recorrente, mas não menos bem interpretado. Retrata muito bem as relações de família, que são atemporais, principalmente na questão do patriarca, provedor e dono da casa, cuja influência na vida da mulher, interpretada por Viola Davis, e do filho, gera intensos conflitos quando seus ideais não estão em comum acordo. O filme é baseado em uma peça, e isso fica um pouco evidente pela divisão dos conflitos ao longo do filme, principalmente a partir do “segundo ato”. Denzel está muito bom no papel, que chega até a incomodar, principalmente para quem gosta de histórias familiares.

Em La La Land, Ryan Gosling interpreta o pianista Sebastian Wilder, apaixonado por jazz. Então ele encontra Mia Dolan, papel de Emma Stone, e depois de, na verdade, alguns desencontros, eles se tornam um casal. Enquanto ela quer ser atriz, ele quer firmar sua carreira de pianista, abrindo um clube de jazz, o Seb’s. A dinâmica de Emma e Ryan contribuem para a construção do relacionamento que vemos na tela, e o Sebastian, assim como a Mia tem muito da Emma, tem muito do Ryan. O que a imagem dele invoca, junto com sua performance de dançarino, pianista e cantor (Ryan canta na vida), resultam em ótima uma interpretação.

Em um dos filmes mais originais do ano, Viggo Mortensen, o Aragorn de O Senhor dos Anéis, interpreta Ben Cash em Captain Fantastic. A história do filme é o que enaltece a performance de Viggo, como um pai de família que decide criar os filhos diferente do padrão capitalista da sociedade, educando os filhos de forma mais crítica, saudável e sustentável. Porém, quando sua mulher morre e ele leva seus filhos ao funeral, isso gera conflitos com seu sogro, que contesta seu estilo de vida. Viggo consegue mostrar bem esse conflito e os próprios questionamentos que o personagem se faz, mostrando que estamos sempre em constante evolução.

Andrew Garfield, em Hacksaw Ridge, interpreta Desmond Doss. Soldado do exército americano na Segunda Guerra Mundial, ele se recusa a usar armas no campo de batalha por motivos religiosos. Isso gera um conflito com seus superiores no exército, porém ele acaba tendo a permissão de servir sem estar armado. Durante a batalha, ele salva grande parte de seus companheiros feridos que estavam impossibilitados de deixar o campo de batalha. É uma interpretação bastante emocionante e sensível de Andrew Garfield. Assim como Desmond era muito convicto em relação a sua fé, Andrew transmite toda essa firmeza, mesmo nos conflitos gerados por sua recusa.

As probabilidades indicam que quem ganha é Casey Affleck, e será muito merecido. Denzel Washington está no páreo, porém ele já levou dois Oscars. Todos os outros valem a pena ser vistos pois além de bons personagens, estão em ótimas histórias. Até!

Comentários do Facebook

comments

| 0 Comentários

Copyright © 2016 Make Sobre Rodas - Todos os direitos reservados. / Feito por BRYSII